Menu

Associados

Expansão para produzir lítio e terras raras, além de ferro, cobre e ouro

Imagem: duallogic, de envatoelements Imagem: duallogic, de envatoelements

A revista O Empreiteiro apresenta a seguir uma lista de projetos em desenvolvimento no país ligado à mineração, mostrando que o setor passa por um novo ciclo de crescimento, com variadas iniciativas no setor.

Amarillo Gold – Implantação de uma unidade industrial de mineração de ouro no município de Mara Rosa, norte do estado de Goiás. A construção, prevista para iniciar em outubro deste ano, resultará em um investimento de aproximadamente R$ 600 milhões.

Appian Capital Brazil – Proprietária da Mineração Vale Verde. No agreste alagoano, no município de Craíbas, está sendo implantado o projeto Serrote da Mineração Vale Verde, com investimentos de R$ 700 milhões, com operação prevista para 2021, para produzir cobre.

Largo Resources – Operadora de uma mina de vanádio em Maracás, na Bahia, deverá investir mais de R$ 50 milhões na construção de uma nova planta de beneficiamento, com início das obras previsto para o primeiro trimestre de 2021.

Mineração Serra Verde – Projeto de concentrado de terras raras, a ser implantado no município de Minaçu, Estado de Goiás. Projeto de US$ 170 milhões, estava previsto de entrar em operação ainda em 2020.

Nexa Resources – As obras do Projeto Aripuanã, da Nexa, no município de Aripuanã (MT), devem ser finalizadas até o início de 2021. Quando estiver em operação, o beneficiamento previsto do projeto é de 2,3 milhões de t de minério bruto por ano, produzindo zinco, chumbo e cobre.

Salobo – O projeto de cobre Salobo III, aprovado pelo Conselho de Administração da Vale, é uma expansão das operações. O projeto engloba uma terceira linha de concentrador e usará a infraestrutura existente de Salobo. O início das operações está previsto para primeiro semestre de 2022, com ramp-up de 15 meses. Em 2019, o
projeto teve avanço de 40%.

Sigma Mineração – Até setembro de 2021, a mineradora vai investir R$ 500 milhões em planta localizada em Itinga e Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha (MG), para extração de lítio, utilizado na produção de baterias de carros e ônibus elétricos.

Sul América Metais (SAM) – Da holding chinesa Honbridge, a empresa aguarda licença para iniciar desenvolvimento de complexo de minério de ferro de US$ 2,1 bilhões no norte de Minas Gerais. A produção estimada deste projeto é de 30 milhões de toneladas de pellet feed por ano.

Yara – O Complexo Minero-Industrial de Serra do Salitre do grupo norueguês Yara, no município mineiro de mesmo nome, em Minas Gerais, está na segunda fase de construção, que se refere à planta química. Ela completa a cadeia de produção de fertilizantes fosfatados no local. A fase primária do projeto já está em operação há um ano por meio da extração e beneficiamento de rocha fosfática. O investimento total do projeto é de R$ 2,6 bilhões. A finalização das obras está prevista para 2021.

fonte: Revisto O Empreiteiro

Pesquisa

Newsletter

Cadastre-se em nosso informativo e mantenha-se atualizado.

Associados